Grupos de Pesquisa

 

GRUPOS DE PESQUISA CÂMPUS DO PANTANAL 2016

1) Animais não humanos, o direito e a moral: diálogo, perspectivas e proteção

O estudo da situação dos animais não humanos no Brasil e no mundo. O foco será a análise dos problemas enfrentados pelos animais, os entendimentos morais e o posicionamento jurídico a respeito. Busca­se, com tal pesquisa, pensar em soluções morais e legislativas a respeito do tema, no intuito, sempre, de alargar e efetivar a proteção aos animais não humanos. Tais sugestões serão acompanhadas da análise crítica, baseada na realidade brasileira, com os impactos sociais, econômicos, científicos, políticos e culturais advindos da adoção das novas posturas.

Líder de equipe: Prof. Me. Camilo Henrique da Silva (CPAN/UFMS)

2) Arqueologia do Pantanal

Ao longo de vários anos de pesquisas arqueológicas dentro do Pantanal Sul-mato-grossense, iniciadas em 1990, envolvendo professores e acadêmicos da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS) – Câmpus do Pantanal (CPAN), consolida-se um grupo de pesquisa especializado em estudos sobre a Arqueologia do Pantanal. Nesse contexto, surge o Laboratório de Arqueologia do Pantanal (LAPan), que nos últimos anos tem aprovado projetos de pesquisa com financiamento do CNPq e Fundect e com a participação de professores, acadêmicos do PIBIC e bolsista de Auxílio Técnico. Os estudos arqueológicos realizados pelo LAPan em vários projetos demonstram que o Pantanal tem uma intensa ocupação de povos indígenas em períodos pré-coloniais e coloniais e que ao longo do rio Paraguai, região das grandes lagoas, há um domínio de longa duração por diversos grupos étnicos.

Líder de equipe: Prof. Dr. Jose Luís dos Santos Peixoto (CPAN/UFMS)

3) Comunicações Digitais e Informática

Neste Grupo temos interesse no estudo e divulgação de resultados dos seguintes temas: Redes ATM, Planejamentos de Redes de Comunicação, Análise e Projeto de Circuitos Digitais, Processos Estocásticos, Teoria de Informação, Processamento de Sinais Digitais, Teoria de Comunicação e Teoria de Codificação, com ênfase em Pesquisa e Desenvolvimento de Algoritmos para Busca e Decodificação de Códigos Controladores de Erro, bem como Sistemas com Modulação Codificada.

Líder de equipe: Prof. Me. Thays Gomes Mendonca (CPAN/UFMS)

4) Educação e cidadania

O Grupo de Pesquisa Educação e Cidadania foi constituído, originalmente, por um grupo de docentes dos departamentos de Psicologia e de Educação do Câmpus de Corumbá, que tem discutido, estudado, pesquisado e prestado serviços sobre temas relacionados à infância e à adolescência. Desde o ano de 1994, o grupo de pesquisa desenvolve seus projetos no Centro de Referência de Estudos da Infância e Adolescência – CREIA – implantado por meio de convênio firmado entre a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – UFMS e o extinto Centro Brasileiro para a Infância e Adolescência – CBIA. Atualmente, assessora organismos como o Conselho Municipal dos Direitos da Infância e Adolescência, o Conselho Municipal de Entorpecentes, a Secretaria de Promoção Humana e Inclusão Social, no município de Corumbá, na elaboração e avaliação de programas e projetos ligados à infância e à adolescência. No ano de 1995, o CREIA iniciou a publicação de uma revista – Revista Re-Criação, que, desde 1998, tem periodicidade semestral. Em 2003, o CREIA foi convidado a assessorar a equipe da Escola de Conselhos – UFMS, na elaboração da matriz pedagógica do Programa de Ações Integradas e Referenciais de Enfretamento à Violência Sexual Infanto-Juvenil no Território Brasileiro – PAIR – fruto de convênio assinado pela Secretaria Especial de Direitos Humanos da Presidência da República e Agência Americana para o Desenvolvimento Internacional – USAID, representada pelo POMMAR – Partners of The Americas. Em 2004, o CREIA firmou convênio com a Organização Internacional do Trabalho – OIT, para continuidade das ações de enfrentamento à exploração sexual, no município de Corumbá. Em 2008, foi proposto, implantado e recomendado o Programa de Pós-graduação em Educação (nível Mestrado), com área de concentração em Educação Social, no Campus de Corumbá-UFMS.

Líder do Grupo: Prof. Dr.ª Mônica de Carvalho Magalhães Kassar (CPAN/UFMS)

5) Educação, Ensino e Ludicidade

O grupo tem como propósito subsidiar atividades de ensino, pesquisa e extensão ligadas à formação do educador e sua prática pedagógica, no que se refere ao ensino das artes e da ludicidade em instituições educativas escolares e não escolares, para a Educação Infantil e Ensino Fundamental – Anos Iniciais.

Líder de equipe: Prof. Dr.ª Maria Auxiliadora Negreiros de Figueiredo Nery (CPAN/UFMS)

6) Escola, Cultura e Sociedade – GECS

Os objetivos do grupo são: efetivar uma leitura dos eventos educacionais e culturais, quer em análise curricular com seus saberes, quer em construção disciplinar, através de uma perspectiva teórica pós-estruturalista. Contribuindo assim para uma multiplicidade analítica das temáticas educacionais e culturais e os efeitos produzidos na sociedade.

Líder de equipe: Prof. Me. Micheli Vergínia Ghiggi (CPAN/UFMS)

7) Fronteiras e Imigrações

Este Grupo de Pesquisa objetiva a realização de eventos internacionais e locais, formação de rede nacional de pesquisa e publicações co-editadas.

Líder de equipe: Prof. Dr. Marco Aurélio Machado de Oliveira (CPAN/UFMS)

8) Genética e Evolução de Plantas do Sistema Cerrado-Pantanal-Chaco

O Grupo irá atuar na área de Genética Vegetal, principalmente nos seguintes temas: Famílias Bromeliaceae, Cactaceae e Leguminosae, genética da conservação, biologia reprodutiva, genética de populações, filogeografia e evolução de populações do Cerrado, Pantanal e Chaco brasileiro. A Equipe está composta por professores da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), e que atuam como orientadores nos Programas de Pós-Graduação em Biologia Vegetal e Ecologia e Conservação da UFMS. Também faz parte do grupo pesquisadores e estudantes da UFRGS, os quais estão vinculados ao Programa de Pós-Graduação em Genética e Biologia Molecular, Departamento de Genética, Instituto de Biociências. Os principais resultados estão relacionados à conservação de espécies nativas do sistema Cerrado-Pantanal, bem como as nativas do Chaco brasileiro, através de análises da fertilidade, biologia reprodutiva, estrutura e diversidade genética de populações naturais, filogeografia e evolução.

Líder de equipe: Prof. Dr.ª Gecele Matos Paggi (CPAN/UFMS) e Aline Pedroso Lorenz Lemke

9) Grupo de Estudo e Pesquisa em Educação Física e Saúde – GEPEFS

O GEPEFS tem por objetivos contribuir na formação acadêmica dos discentes do curso de Educação Física-CPAN/UFMS no quesito da saúde da população, possibilitar a disseminação do conhecimento por meio de estudos e pesquisas (referencial teórico e campo) e estabelecer contato entre a universidade e a comunidade.

Líder do Grupo: Prof. Me. Edineia Aparecida Gomes Ribeiro (CPAN/UFMS)

10) Grupo de Estudos e Pesquisas em Políticas Educacionais, Formação Docente e Educação – GEPEFE

O GEPEFE tem como objetivo investigar e refletir sobre os elementos constitutivos da educação no processo de formação humana. Diante disso, nossas ações têm se desenvolvido por meio da formação de um grupo de estudos voltado às temáticas emergentes no campo educacional, pesquisas de trabalhos de conclusão de curso, dissertações de mestrado e tese de doutorado e demais pesquisas com parcerias entre pesquisadores da UFMS, outras instituições de ensino superior nacionais e internacional.

Líder de equipe: Prof. Me. Hellen Jaqueline Marques e prof. Dr. Fabiano Antonio dos Santos (CPAN/UFMS)

11) Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Física do Pantanal – GePPan

Este Grupo de Estudos e Pesquisas (GePPan) foi criado no ano de 2010 em conjunto com alguns docentes do curso de Educação Física da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – UFMS, Câmpus do Pantanal (CPAN), ao qual está atrelado. A intenção do Grupo é fornecer elementos para discutir e produzir conhecimentos sobre a Educação Física nos diversos campos do saber, possibilitando intervenções significativas dos profissionais de Educação Física na região pantaneira do MS, bem como observar a relação da área com os países vizinhos (Bolívia/Paraguai), sobretudo em razão do contexto de fronteira no qual o curso atua. Algumas finalidades do Grupo são: desenvolver atividades de extensão, estudos e pesquisas em Educação Física; produção e publicação de materiais didáticos e científicos; promoção de eventos Institucionais. O grupo tem três linhas de pesquisa: Educação Física, Ensino e Escola; Educação Física, Esporte e Lazer; Educação Física, Atividade Física e Promoção da Saúde.

Líder de equipe: Prof. Me. Carlo Henrique Golin (CPAN/UFMS)

12) Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação Social

O Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Social objetiva estudar como a Educação Social vem se desenhando no Brasil em diferentes âmbitos, como: a relação com a infancia e adolescencia, com a educação como um todo e com a educação física, com as políticas públicas, a cultura e ainda com a questão da profissionalização do educador social e a avaliação em educação social.

Líder de equipe: Prof. Me. Cleia Renata Teixeira de Souza (CPAN/UFMS)

13) Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação de Jovens e Adultos

O Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação de Jovens e Adultos – GEPEJA, criado em 2011, articula-se com as experiências e diálogos de formação inicial e continuada de educadores de jovens e adultos da região do Pantanal sul-mato-grossense, inserindo-se nos processos e aprendizagens dos cursos de licenciatura do Campus do Pantanal da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. O grupo conta com professores da educação superior e educação básica, bem como graduandos dos cursos de licenciatura, desenvolvendo pesquisas e estudos centrados nos fundamentos políticos, históricos, culturais e antropológicos que constituem a Educação de Jovens e Adultos, nas políticas e práticas de formação de educadores e na constituição da identidade profissional deste educador, além de pesquisas no campo da memória, da História Oral e das Histórias de vida e formação.

Líder de equipe: Prof. Me. Alexandre Cougo de Cougo (CPAN/UFMS) e Elielma Velasquez de Souza Maiolino

14) Grupo de Pesquisa sobre Infância e Educação Infantil – GEPIEI

O Grupo de Estudo e Pesquisa em Infância e Educação Infantil (GEPIEI) foi criado em 2009, na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – Câmpus do Pantanal, com o objetivo de promover estudos e debates sobre Infância e Educação Infantil. O grupo, composto por professoras do Curso de Pedagogia, alunas do curso de Pedagogia e do Mestrado em Educação; bolsistas de iniciação científica, bolsistas do programa Bolsa Permanência e professores do sistema de ensino municipal e estadual interessados em estudar as temáticas afins, também se propõe ser um espaço de pesquisas. Apresenta como resultados a execução de projetos de extensão e pesquisa que contribuem para uma melhor formação dos acadêmicos, bem como para aprofundamento dos conhecimentos acerca da infância e da Educação Infantil na região, no Brasil e no mundo.

Líder de equipe: Prof. Me. Sílvia Adriana Rodrigues e prof. Dr.ª Anamaria Santana da Silva (CPAN/UFMS)

15) Grupo de Estudo e Pesquisa sobre Formação e Práticas Docentes – FORPRAT

Com abordagem multidisciplinar em diversas áreas de conhecimento da Educação, Política Educacional, Educação Matemática, Sociologia, Linguagem, Literatura, Educação Física, Artes, Mídias e Tecnologias, o foco de investigação centra-se na formação e práticas de docentes da Educação Básica em diferentes contextos escolares e de fronteira – realidade peculiar das cidades de Corumbá e Ladário (Brasil/Bolívia). Criado em 2010, no Câmpus do Pantanal (CPAN), da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) em Corumbá-MS, inicialmente como Grupo de Estudos e Pesquisas em Saberes e Práticas Docentes, a partir de resultados de pesquisas e atividades de extensão desenvolvidas pelos membros, suscitou a necessidade de se aprofundarem os saberes e práticas mobilizados pelos docentes que atuam na Educação Básica, em diferentes contextos escolares. A repercussão deste grupo deu-se por meio de orientações de iniciação científica, trabalho de conclusão de curso (TCC) nos cursos de graduação.

Líder de equipe: Prof. Dr.ª Márcia Regina do Nascimento Sambugari (CPAN/UFMS)

16) Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Cultura, Psicologia, Educação e Trabalho

O grupo articula-se à realização de estudos e pesquisas próprias dos distintos campos: psicologia, ciências sociais e história, com ênfase em educação. Tem como objetivo promover reflexões e o aprofundamento de conhecimentos sobre a) questões ligadas à concepção de cultura; b) educação em espaços não escolares; c) impactos da cultura na constituição da subjetividade humana, mediadas pelo trabalho e educação. Desdobra-se nos eixos: Cultura, Sociedade, Educação e Trabalho.

Líder de equipe: Prof. Dr.ª Beatriz Rosália Gomes Xavier Flandoli (CPAN/UFMS) e Eli Narciso da Silva Torres

17) Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Inclusiva

Este grupo tem por objetivo desenvolver estudos e pesquisas relacionados à educação inclusiva, de modo a contribuir com o processo de ensino-aprendizagem dos alunos que fazem parte do público alvo da educação especial, os quais devem ter suas necessidades respondidas na própria escola regular.

Líder de equipe: Prof. Me. Bárbara Amaral Martins (CPAN/UFMS)

18) Grupo Pantanal de Pesquisa e Desenvolvimento de Sistemas – GPS

Propor possíveis aplicações utilizando conceitos de Computação Ubíqua. Pesquisar e desenvolver aplicações de Sistemas de Informação com impacto social ou econômico relevante. Pesquisar as aplicações de Informática na Saúde que envolvam Sistemas de Informação. OBJETIVOS ESPECÍFICOS Conhecer aplicações de Informática na Saúde que envolvam Sistemas de Informação existentes. Estudar metodologias de Engenharia de Software. Estudar metodologias de Teste de Software. Gerar modelos de possíveis aplicações ou protótipos. Desenvolver Games para Microsoft XBox com Kinect.

Líder de equipe: Prof. Me. Rogério Güths (CPAN/UFMS)

19) Grupo de Pesquisa Luiz Vilela

Sob orientação do líder, foram concluídos doze mestrados com estudos sobre a obra de Luiz Vilela, sendo seis após a constituição do GPLV. No momento, dois mestrados, quatro doutorados e um pós-doc estão em andamento no âmbito do Grupo. Os integrantes participam ativamente de eventos, publicando em anais, periódicos e capítulos de livros. O GPLV passou, em 2013, por avaliação externa, sendo o avaliador especialista em atividades com bancos de dados, fortuna crítica e pesquisa de fontes primárias. O blog do Grupo (http://gpluizvilela.blogspot.com.br/) é constantemente atualizado, e o repositório da Fortuna Crítica do escritor, em < http://gpluizvilela.blogspot.com/p/fortuna-critica.html >, tornou-se fonte de consulta permanente para estudiosos do Vilela, em particular, e de Literatura Brasileira Contemporânea, em geral. Em maio de 2015, no CPAN/UFMS, realizou seu 4º Seminário, com palestras, comunicações, mesas-redondas e debates.

Líder de equipe: Prof. Dr. Rauer Ribeiro Rodrigues (CPAN/UFMS) e Eunice Prudenciano de Souza e (CPTL/UFMS)

20) Grupo de Estudos e Pesquisas em Pedagogia e Educação Social (GEPPES)

O Grupo de Estudos e Pesquisa em Pedagogia e Educação Social, criado em 2008, no Câmpus do Pantanal/UFMS, tem por objetivo desenvolver estudos e pesquisas na área da formação e do trabalho do educador em instituições escolares e não escolares, contribuindo para o desenvolvimento, discussão e divulgação de pesquisas e valorização desse campo de conhecimento.

Líder de equipe: Prof. Dr.ª Edelir Salomão Garcia e Dr.ª Dimair de Souza França (CPAN/UFMS)

21) Grupo de Pesquisas Limnológicas no Pantanal – LIMNOPAN

O grupo tem produzido informações limnológicas sobre os ecossistemas aquáticos da planície de inundação do Pantanal Sul-mato-grossense desde 1990. Tem contribuído para a formação de novos pesquisadores nessas áreas, com o envolvimento de acadêmicos de graduação e alunos de pós-graduação em suas atividades. O grupo atua nas áreas de Limnologia física e química e no estudo ecológico e taxonômico das comunidades planctônicas e bentônicas dos sistemas aquáticos da região do Pantanal Sul.

Líder de equipe: Prof. Dr.ª Luci Helena Zanata e Prof. Dr. William Marcos da Silva (CPAN/UFMS)

22) Impróprias – Grupo de Pesquisa em Gênero, Sexualidade e Diferenças

Desenvolver pesquisas voltadas às questões de gênero, sexualidade e diferenças em uma perspectiva foucaultiana, feminista, queer e des-colonial. Promover análises que contribuam para a formação de diferentes profissionais nas temáticas que envolvem gênero, sexualidade e diferenças. Realizar atividades de ensino e extensão no sentido de contribuir para a ampliação de direitos. Envolver professores, pesquisadores, estudantes universitários, militantes e representantes de entidades civis interessados na área de estudos de gênero, sexualidade e diferenças. Favorecer o trabalho inter-multi-disciplinar diante de temáticas que envolvam gênero, sexualidade e diferenças.

Líder de equipe: Prof. Dr. Tiago Duque (CCHS/UFMS e PPGE/CPAN/UFMS)

23) Laboratório de Estudos Fronteiriços

O objetivo deste grupo de pesquisa é a organização do II, IV e V Seminário de Estudos Fronteiriços, nos respectivos anos de 2011, 2013 e 2015 e realizações de Feiras de Ciências Fronteiriças desde 2009, ininterruptamente.

Líder de equipe: Prof. Dr. Marco Aurélio Machado de Oliveira e Dr. Edgar Aparecido da Costa (CPAN/UFMS)

24) Linguagens em Fronteira

O Grupo de Pesquisa LINGUAGENS EM FRONTEIRAS pesquisa mecanismos de produção e manifestações em todas as linguagens – língua, literatura, educação e cultura – e seus efeitos nas vivências fronteiriças. As fronteiras abordadas ultrapassam os limites físicos dos países hispano-falantes. Dentro dessa proposta, o Grupo realizou o I Encontro de Educação na Fronteira, em 2011, para discutir propostas de integração nas escolas de fronteira das regiões de Corumbá, Ladário, Puerto Quijarro e Puerto Suárez. Este grupo integra o programa “Escolas Interculturais de Fronteira- PEIF” UFMS/MEC, para o qual, em 2011, 2012, 2013 e 2014, ofereceu cursos de formação para professores bolivianos e brasileiros que atuam na educação básica na área desta fronteira.

Líder de equipe: Prof. Dr.ª Elizabeth Maria Azevedo Bilange (CPAN/UFMS)

25) Língua e Literatura na Escola

O Grupo consolidou-se a partir de uma pesquisa sobre o ensino-aprendizagem de Línguas e Literaturas na Educação Básica por professores, bolsistas de I. C., além de professores colaboradores das redes públicas de ensino das cidades de Corumbá e Ladário, e alunos de sociolinguística do último ano do curso de Letras, isso possibilitou a publicação de livros, artigos, dissertações, relatórios, monografias e publicações avulsas em veículos diversos, por meio eletrônico e impresso. A partir dessa experiência inicial, os integrantes do Grupo vêm desenvolvendo novas pesquisas e orientando monografias e dissertações envolvendo aspectos múltiplos do ensino-aprendizagem de Línguas e Literaturas. Ao mesmo tempo, têm divulgado os resultados desse trabalho em eventos científicos no país e no exterior. O Grupo também tem atuado regularmente na formação de recursos humanos em diferentes níveis, promovendo eventos e ministrando palestras e aulas em cursos de Pós-Graduação stricto sensu.

Líder de equipe: Prof. Dr.ª Rosângela Villa da Silva (CPAN/UFMS)

26) Meio Ambiente e Sustentabilidade do Pantanal

O grupo de pesquisa em Meio Ambiente e Sustentabilidade do Pantanal tem objetivo realizar estudos voltados para a caracterização, preservação e desenvolvimento do Pantanal, com ênfase na região que compreende a cidade de Corumbá e adjacencias. O grupo é composto por um corpo interdisciplinar de professores da UFMS – Câmpus do Pantanal, e colaboradores de outros campi da UFMS e outras instituições cediadas em Mato Grosso do Sul e demais estados da federação. Os projetos de pesquisa abordam os mais diversos temas, incluindo estudos sobre o meio físico e biótico deste importante ecossistema brasileiro. Uma das preocupações mais relevantes do grupo é apoiar o desenvolvimento regional, estimulando suas vocações locais de forma sustentada.

Líder de equipe: prof. Dr. Edgar Aparecido da Costa e Prof. Dr. Aguinaldo Silva (CPAN/UFMS)

27) Microbiota do Mato Grosso do Sul

A implantação desse grupo permitirá a troca de informações sobre diversidade microbiana, propriedades microbianas e a relação desses com o meio ambiente Sul Mato-grossense.

Líder de equipe: Prof. Dr.ª Marivaine da Silva Brasil (CPAN/UFMS)

28) NEXOS – Teoria Crítica e Pesquisa Interdisciplinar – Centro-oeste

O Grupo de Estudos, Pesquisa e Extensão “NEXOS Teoria Crítica e Pesquisa Interdisciplinar” funciona desde o ano de 2014 e tem como objetivo ampliar os estudos, as pesquisas e ações de extensão relacionadas a investigações sobre fenômenos educacionais e educativos em suas diferentes manifestações e multidimensionalidades, em espaços escolares, não escolares e informais enfatizando temáticas como: a Formação Cultural pesquisando os processos de produção da cultura e a sua massificação, a inserção das novas tecnologias da informação e a produção de atividades artísticas em suas diferentes manifestações.

Líder de equipe: Prof. Dr.ª Isabella Fernanda Ferreira (CPAN/UFMS)

29) Novos contornos da sociedade e as exigências para uma nova sistemática jurídica

Apresentar estudos voltados às exigências sociais relacionadas, em especial, ao papel do judiciário e respostas mais céleres e efetivas ao jurisdicionado. Além disso, tem como objetivo pesquisar sobre o papel e a participação do próprio indivíduo, nos diversos seguimentos da sociedade onde é exigida a atuação cidadã democrática e realmente participativa.

Líder de equipe: Prof. Me. Caricielli Maisa Longo (CPAN/UFMS)

30) Núcleo de Estudos e Pesquisas Interdisciplinares em Políticas Públicas, Direitos Humanos, Gênero, Vulnerabilidades e Violências – NEPI PANTANAL

Grupo formado por docentes e discentes que desenvolve ensino, pesquisa e extensão nacional e internacional, voltado aos temas sociais e aos direitos humanos que abrangem a vida em comunidade na fronteira, atua como parceiro institucional no âmbito municipal, estadual, federal e sociedade civil.

Líder do Grupo: Prof. Dr.ª Claudia Araújo de Lima (CPAN/UFMS)

31) Núcleo de Pesquisas em Controladoria, Contabilidade e Gestão Ambiental

Produção de conhecimento sobre a influência da informação contábil a partir das técnicas de controladoria para desenvolvimento de empresas de Pequeno e Médio Porte, nos setores industriais e de agribusiness. Desenvolvimento de pesquisas para diagnosticar e aplicar a Controladoria na tomada de decisão em empresas industriais e de agribusiness, relacionados a assuntos como eficácia empresarial, gestão econômica e meio ambiente, agribusiness e processo de evidenciação interno e externo. Desenvolver pesquisas dentro das características multidisciplinares do estudo da gestão ambiental e do desenvolvimento sustentável buscando contribuir para a tomada de decisões empresariais

Líder de equipe: Prof. Dr. Jorge de Souza Pinto e Prof. Me. Valéria Peron de Souza Pinto (CPAN/UFMS)

32) Pantanal Vivo

A planície do Pantanal e sua área de entorno figuram como área de interesse de desenvolvimento das pesquisas. O grupo tem como um de seus objetivos a formação de um núcleo de estudos sobre as questões relativas ao ordenamento territorial do pantanal, levando em conta aspectos fisico-geográficos, socioeconômicos e fronteiriços. Outro elemento de análise é a fronteira, especialmente as questões relativas ao ordenamento territorial relativas ao espaço fronteiriço Brasil/Bolívia.

Líder de equipe: Prof. Dr. Sérgio Wilton Gomes Isquierdo e Prof. Dr. Edgar Aparecido da Costa (CPAN/UFMS)

33) Pesquisa em abelhas: biologia, diversidade e genética

O grupo de pesquisa em abelhas: biologia, diversidade e genética tem como principais objetivos estudar aspectos da biologia de abelhas e biodiversidade na região do Pantanal Sul-mato-grossense. Para tanto, são realizados procedimentos de coleta, identificação e análise de aspectos biológicos e genéticos de abelhas, com ênfase na família Apidae. Também é nosso objetivo trabalhar com projetos de extensão que revelem a biodiversidade de abelhas para comunidades locais rurais e urbanas, sobretudo com o intuito de democratizar o ensino e tornar a universidade pública um local de inclusão social.

Líder de equipe: Prof. Dr.ª Aline Mackert dos Santos e Rodrigo Pires Dallacqua (CPAN/UFMS)

34) Políticas públicas de educação e educação especial

O grupo tem caráter interinstitucional e envolve pesquisadores das seguintes universidades: UEL, UFSC, UNICAMP, UFSCar e UFMS. Trabalha por meio da interlocução dos pesquisadores que desenvolvem suas investigações em quatro estados brasileiros: São Paulo, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina e Paraná. Em 2010, seus projetos de pesquisa foram contemplados pelo Edital Universal do CNPq e Edital Observatório – CAPES.

Líder do Grupo: Prof. Dr.ª Mônica de Carvalho Magalhães Kassar (CPAN/UFMS)

35) Psicologia, Educação e Promoção de Saúde

O grupo de pesquisa Psicologia, Educação e Promoção de Saúde pretende ampliar os estudos na área da Psicologia com interface na Educação articulando temáticas de amplo interesse social, através da produção de investigações na área da dependência de substancias psicoativas, da prevenção e do tratamento e estratégias preventivas para crianças e adolescentes. Os resultados desses estudos poderão subsidiar a formulação e planejamento de políticas de ações em promoção de saúde.

Líder de equipe: Prof. Dr.ª Carmem Adélia Saad Costa (CPAN/UFMS)

36) Psicologia, Saúde e Fronteira

O grupo objetiva estudar as relações entre psicologia, saúde e fronteira, a partir do desenvolvimento de pesquisas teóricas e empíricas, segundo projetos delineados/implementados em parceria com docentes e alunos do Programa de Mestrado em Estudos Fronteiriços, UFMS/CPAN. Estima-se que as pesquisas desenvolvidas pelo grupo deverão ampliar as investigações e a produção sobre a interface da psicologia e a promoção de saúde na região fronteiriça Brasil-Bolívia, contribuindo assim, para: 1) o entendimento do funcionamento e da dinâmica das Instituições e dos serviços de saúde disponibilizados nessa região; 2) compreender as políticas públicas que dão suporte à implementação das medidas adotadas pelo poder público no campo da saúde; e 3) entender a concepção acerca da noção de saúde da população fronteiriça, bem como as características de sua demanda.

Líder de equipe: Prof. Dr. Luís Fernando Galvão (CPAN/UFMS)

37) Saúde mental e trabalho na fronteira

Este grupo tem o objetivo de estudar e divulgar pesquisas sobre a saúde de grupos ocupacionais que trabalham na fronteira do Brasil com a Bolívia. As pesquisas compreendem tanto a avaliação psicológica e física, com a aplicação de testes psicológicos, escalas de saúde e análise socioeconômica, e também a análise da relação entre o indivíduo e os processos e organização do trabalho, e seus impactos sobre a saúde mental de trabalhadores. Com isso, este grupo abarca estudos sob diferentes abordagens teórico-metodológicas do campo da Saúde Mental Relacionada ao Trabalho, especialmente a epidemiológica, a do estresse no trabalho e a psicodinâmica do trabalho.

Líder de equipe: Prof. Dr.ª Vanessa Catherina Neumann Figueiredo (CPAN/UFMS)

38) VIGODSKAIA – Grupo de estudos e pesquisas sobre a adolescência na perspectiva da Psicologia Histórico-cultural.

O grupo de estudos sobre a adolescência – Vigdskaia, fundamenta-se na teoria histórico-cultural que tem suas origens nos estudos desenvolvidos pelo psicólogo Bielorusso Lev Semenovich Vygotsky (1896-1934) e na Teoria da Atividade do psicólogo Russo Alexis Nikolaevich Leontiev (1903-1949). Vigotski desenvolveu estudos que demonstravam a mediação social no desenvolvimento das funções psicológicas superiores. Vigotski rejeita o conceito de desenvolvimento linear da psique humana, superando a ideia de que este se dá a partir de uma lenta acumulação de mudanças individuais ou da maturação biológica. Incorporando a dialética marxista como base epistemológica e filosófica de sua teoria, parte do materialismo histórico para compreender o homem como produto e produtor de sua história. O grupo é formado por estudantes e docentes da UFMS/CPAN e tem por finalidade, desenvolver estudos e pesquisas sobre a adolescência na perspectiva da psicologia histórico-cultural.

Líder de equipe: Prof. Me. Ronny Machado de Moraes (UFMS/CPAN)